The Bigger Picture é uma história comum sobre rivalidade entre irmãos que cuidam de sua mãe já idosa, no entanto o que realmente diferencia esse curta de qualquer outro é seu estilo de animação: a técnica de Stop Motion é combinada com pinturas na parede, criando um efeito único.

A inovação foi reconhecida com uma indicação para o Oscar e um prêmio BAFTA por melhor curta animado. A diretora Daisy Jacobs deixa traços impossíveis de retirar a cada movimento feito pelos personagens, simbolizando traumas, sentimentos que são deixados para trás mas continuam visíveis na parede devido à própria dificuldade do processo.

The Bigger Picture from daisy jacobs on Vimeo.

O filme demorou cerca de um ano para ser finalizado, sendo metade desse tempo apenas para a animação. Levando em conta o orçamento baixo, por ser um filme de estudante, o resultado final é realmente extraordinário.

A artista acabou de terminar seu segundo filme, “A Full Story” e promete que ele estará em festivais em breve, também partindo do mesmo conceito híbrido de animação.

Viciado em Games, viciado em futebol, viciado em cinema, viciado em séries e viciado em drogas pesadas: leite, glúten e anime.