4 de maio de 2020.

Em um contexto normal seria um excelente dia para comemorar o dia de Star Wars: tivemos a (polêmica) conclusão da saga Skywalker, o sucesso da primeira temporada de Mandalorian e a confirmação de muitas histórias novas que estão por vir em séries de tv, quadrinhos e jogos.


Arte de The High Republic, nova série de quadrinhos da saga

Mas, em 2020, para quase todo o mundo em crise (seja de saúde, política, econômica, ou até mesmo as três juntas) o 4 de maio é mais um dia de muita dificuldade, na qual a única certeza é a angústia. E acho que nunca precisamos tanto de uma nova esperança como agora…

Confira a seguir a breve mensagem de esperança exibida em todas as redes sociais da franquia Star Wars:

Eu admito que pessoalmente tenho nutrido algumas esperanças mistas em relação à franquia Star Wars. Principalmente desde o fim da nova trilogia, com o episódio IX assumindo um viés profundamente comercial e pipocado de fan-service.

Viés esse que – ao meu ver – sufocou um pouco a real essência da saga, que até então estava conseguindo equilibrar com moderado sucesso os interesses comerciais da Disney, com os interesses criativos de uma narrativa inspiradora e emocionante. Como Star Wars sempre foi e obteve seu sucesso, como analisa mais profundamente o autor australiano Chris Taylor no livro Como Star Wars conquistou o universo.

Mas não é que esse vídeo traz uma certa esperança? Em pouco mais de um minuto, a gente pode ver aquele Star Wars raiz, que infla nossos ânimos e umedece os nossos olhos. Por mais que o vídeo seja rápido como a Millenium Falcon, é revigorante viajar pelos momentos de uma saga tão importante pra tanta gente. Lembrar novamente de uma história que rebeldes pacatos e desajustados se aliam para defender a galáxia de um inimigo comum.

Encontramos na ficção, o nosso refúgio do real. Principalmente em momentos tão difíceis.


Arte de @luizcarlostc.art para o Omelete

E o que vem por aí no universo Star Wars? Seja pra gente poder descansar um pouco da realidade ou encontrar força para enfrentar esses dias difíceis. Qual é a nova esperança para a saga?

Hoje mesmo a Disney anunciou que Taika Waititi (Jojo Rabbit, Thor Ragnarok) vai dirigir um novo longa metragem para a saga. Ainda não temos muitas informações oficiais confirmadas, mas sabendo que o roteiro também será assinado por Krysty Wilson-Cairns, roteirista de 1917, é bem possível que vejamos um filme que aborde um ponto de vista mais criativo sobre a guerra espacial. Com um humor bem ácido, claro. Características marcantes do último episódio da primeira temporada de Mandalorian, também dirigido por Waititi.


Taika Waititi segurando o Oscar de melhor roteiro-adaptado por Jojo Rabbit

Outro detalhe bem animador, pelo menos pra mim, revelado neste Star Wars Day é a capa do novo jogo Lego sobre a saga Skywalker. O game lembra muito um queridinho da infância de muita gente (eu inclusive), o Lego Star Wars The Complete Saga de 2007, cujo título ficou um pouco datado desde o início da nova trilogia em 2015. Ainda não há uma data oficial de lançamento, mas o jogo deve chegar em 2020 para PS4, XBOX one, Nintendo Switch e PC.

E como de costume, vários quadrinistas e artistas visuais comemoraram o 4 de maio expressando seu amor pela saga por meio da arte. Confira a seguir algumas versões de brasileiros:


arte por @paulomoreirap


arte por @daltsdalton


arte por @thobiasdaneluz


arte por @artofdu (isso mesmo, nosso mestre jedi Du aqui do arenas!)

Em tempo: vale avisar que o futuro de Star Wars foi tema do último episódio do Hiperlink, o podcast do Newronio. Confere aí pra saber mais sobre as nossa previsões para a saga:

E bom, feliz 4 de maio! Que a força esteja conosco! Estamos precisando…

Baiano, amigão da vizinhança, ecochato, escritor amador e mestre pokémon nas horas vagas.