A hq faz parte da linha Graphic MSP, o selo da Maurício de Sousa Produções que traz abordagens mais maduras sobre os personagens da turminha que tanto amamos a partir da perspectiva de quadrinistas brasileiros consagrados e independentes. Fefê Torquato assina o gibi da vez e dá vida a Tina, a jovem adulta mais amada da Turma da Mônica.

E assim como “Jeremias: Pele” – que fala sobre racismo a partir da perspectiva do pequeno Jerê-, “Tina: Respeito” tem a importante missão de abordar um novo assunto que, infelizmente, está muito presente em nossa sociedade e afeta diretamente a vida de muitas mulheres: o assédio. Interessante observar que quando foi anunciada uma edição da Tina pelo selo mais maduro da MSP, alguns leitores pediram por uma versão mais sexualizada da personagem, que historicamente é vista como a mais sensual dos gibis da turminha. E como até mesmo uma personagem fictícia consegue sofrer assédio do público masculino, Tina aparece na capa com a palma estendida exigindo respeito em nome de todas as mulheres.

A graphic novel narra um momento da vida da Tina na qual ela, como uma jornalista recém-formada, começa a trabalhar em uma redação e acaba percebendo que “seu maior desafio não é profissional, e sim pessoal”, como descreveu Sidney Gusman, editor-chefe da MSP, em uma publicação no Instagram. Infelizmente essa história é muito familiar para as mulheres que estão iniciando a vida profissional e, como forma de denunciar o comportamento invasivo exercido pelos colegas de trabalho, essas representações tomam cada vez mais espaço na cultura e na mídia: Tendo como exemplo a terceira temporada de Stranger Things, onde a personagem Nancy também está iniciando sua carreira, mas precisa lidar com frustrantes comportamentos ofensivos de seus superiores, que negligenciam as ideias da garota e a tratam, precipitadamente, como alguém incapaz.

A talentosíssima Fefe Torquato ilustra essa história emocionante com um traço muito bonito e um roteiro poderoso, que já arrancou reações muito animadoras da youtuber feminista Jout Jout e da Fernanda Moro, que trabalha na MSP. O lançamento da hq ocorre na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, que ocorre entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro de 2019.

Baiano, amigão da vizinhança, ecochato, escritor amador e mestre pokémon nas horas vagas.