Os Simpsons é, além do desenho de maior longevidade na história da TV, com certeza a série que mais fez paródias de outras séries, filmes e histórias.

A mais nova dessas paródias homenageia o seriado Mad Men, que está chegando ao seu fim depois de 7 temporadas.

A principal “ferramenta” usada pelo desenho é moldar sua abertura, em especial a cena do sofá, que é conhecida como “Couch Gag”, para que esta seja ligeiramente diferente a cada episódio.

A maior parte das vezes a mudança e pequena, de alguns segundos apenas, mas em alguns casos a abertura inteira é radicalmente mudada. Juntamos aqui algumas das mais interessantes:

Com o traço do brilhante Sylvain Chomet, de “Bicicletas de Bellevue”, a família ganha um “quê” francês e muita finesse.

Homenageando a série mais badalada do momento, Game of Thrones, cuja abertura é alvo de infinitas paródias e releituras (que foram tema de um post aqui no Newronio).

Na época do Dia das Bruxas, é tradição da série apresentar o Casa da Árvore dos Horrores, com diversos segmentos e histórias fora do comum,algumas de terror, outras bastante perturbadoras. Em 2013 convidaram o diretor Guillermo del Toro para cuidar da abertura.

Algumas aberturas da série se tornaram clássicos, tanto pela beleza e surpresa quanto pela controvérsia gerada. Confira algumas:

A abertura parodiando Tik Tok da artista Ke$ha foi duramente criticado pelo conteúdo adulto e pouco saudável do clipe original.

Uma das aberturas mais bonitas do seriado, figura em todas as listas das melhores aberturas dos Simpsons.

E a melhor abertura dos Simpsons, e uma das primeiras colaborações com artistas de fora com o genial e igualmente misterioso Banksy:

Minha barba. Minha vida.