#Dossiê Cannes 2011 por B.Young

Como o Cannes 2011 acabou, eu vou citar brevemente o que rolou e os videos e ações que levaram os prêmios para suas respectivas agências. Entre as premiações, a agência do ano foi a AlmapBBDO, e a rede do ano foi a BBDO, que desde 2007 venceu todas. E aqui está a lista dos premiados:

–       WWP ganhou o prêmio de Holding do Ano (Novo)

–       Wieden+Kennedy ficou com o título de melhor agência independente

–       A Smuggler foi a melhor produtora do ano.

–       O coletivo Don’t Try This foi a primeria não agência a levar um leão. (Ganhou um ouro com o Skank Play, que foi citado aqui no Newronio pela Mari).

Enquanto o Grand Prix for Good, que premia aqueles filmes que ganharam ouro mas não puderam levar Grand Prix por serem de ONGs, Governos ou 3º Setor, foi para a Leo Burnett de Melbourne, Austrália, com o trabalho See the Person, criado para Scope, que você confere abaixo:

Este ano não houve Grand Prix para Titanium e apenas 3 cases foram premiados: The Speed Camera Lottery, da DDB de Estocolmo para a Volkswagen, o American Rom da BV McCann Erickson da Romênia para Kandia Dulce (que também ganhou GP de Direct e de Promo — vejam aqui) e o Decode Jay-Z with Bing da Droga5, que ganhou também os GPs de Integrated e de Outdoor.

Um dos cases que quase ganhou Titanium (caiu na reta final), é o The Code, da DDB Colômbia. Vale muito conhecer:

O Grand Prix de Film deste ano foi para Write the Future, criado pela Wieden+Kennedy Amsterdam para Nike com produção da Independent London.

Já o Grand Prix de Film Craft foi para Droga5 com o filme para Puma, After Hours. A produção é da Smuggler com direção de Ringan Ledwige.

Este ano foram três os Grand Prix para a categoria cyber. Todos muito bons. O mais unânime de todos talvez tenha sido a campanha “Response Campaign” da Wieden+Kennedy para Old Spice que mostra consistência no trabalho que vem sendo feito pela agência para a marca.

Os outros dois foram dois cases também impressionantes. Um em tecnologia e outro por criar um novo modelo de negócios usando a comunicação.

O Grand Prix de Design foi para a agência Digital Kitchen de Chicago pelo trabalho feito para o hotel The Cosmopolitan of Las Vegas. A proposta era criar uma experiência ímpar para seus frequentadores. O case pode ser conferido aqui e conferido abaixo:

Gostou? Pô! Retweeta aí[email protected]Beyoung1990 @NewronioEspm