Não é novidade para ninguém o quanto guerras são destruidoras.

Morte, sofrimento e devastação são os principais resultados. Mas, infelizmente, elas tem nos acompanhado durante toda a história e não parecem estar perto de acabar.

O conflito da Síria é um dos que tem ocorrido nos últimos anos e vem preocupando a muitos.

Com a próxima Assembleia Geral da ONU se aproximando, algumas ONGs se uniram para protestar contra esse banho de sangue.

“In Reverse” trata de um tema pesado. A música que o acompanha, “Youth” de Daughter, fala sobre destruição e sobre não haver mais esperanças, casando muito bem com a mensagem.

Ainda com a intenção de chamar a atenção do mundo para Síria, “Most Shocking Second a Day” foi lançada no começo do ano.

Feito pela Don’t Panic, o filme mostra que a mesma situação poderia ocorrer em outros lugares, como em Londres. Se está acontecendo longe de nós, não significa que não está acontecendo.

Daughter, em “Youth”, diz: “And if you’re still breathing, you’re the lucky ones, ’cause most of us are heaving through corrupted lungs”. E é exatamente por isso que essas pessoas tem passado.

“And you caused it”.

Tim Burton, gatos e gosto musical duvidoso.