Não é de hoje que acontece uma comparação entre Samsung e Apple. Discussões de quem tem a melhor câmera ou qual celular tem mais espaço são comuns.

E toda essa rixa não fica apenas em um bate-papo entre duas pessoas que pensam diferentes. A marca Samsung não é discreta sobre o quanto ela se acha melhor do que a outra marca, se é verdade ou não, seus argumentos são convincentes. Ela cria comerciais para deixar claro o que a sua marca proporciona e acaba intimidando um consumidor do IOS.

No entanto, não é a primeira vez que a marca ataca. Seus comerciais vem caçoando o jeito de ser Apple e principalmente dos seus seguidores há algum tempo. Um bom exemplo foi o lançamento do Iphone 5, que mostra o quão desesperador é comprar o novo aparelho enfrentando filas de 9 horas para apenas ter o prazer de ser um dos primeiro a ter o lançamento. E a graça surge quando na fila, as pessoas começam a comentar as novidades do aparelho e especular sobre as novas funções. A Samsung ainda zomba dessa ideia de que toda aquela coisa inovadora que a Apple promete, os consumidores do Android já tem algum tempo.

Toda essa brincadeira torna-se uma estratégia da marca em divulgar seu produto e mostrar a razão de ser melhor do que o concorrente. Além disso, mostra que a Apple as vezes é superestimada apenas por ser conhecida e muitas vezes entrega o que outra marca já havia lançado e mesmo assim fica conhecida como inovadora. Com dor de cotovelo, a marca Samsung tem a necessidade de se comparar com a grande marca para conseguir visibilidade e muitas vezes falha por não ter o reconhecimento que queria.

Dark Amanda: a melhor pessoa que você vai conhecer.