A dança é uma arte corporal que se comunica pelo corpo e transmite todas as emoções e sentimentos dos bailarinos. Há grandes espetáculos por todo o mundo desejando comunicar o máximo possível, através dos gestos e fazer com que as pessoas consigam sentir todas as emoções.

Foi o que o David Cazalet decidiu fazer quando ouviu noticiários tristes sobre a cidade de Aleppo na Síria, que foi a principal cidade atacada pelo Estado Islâmico. Então, criou o espetáculo “Requiem for Aleppo“, tentando representá-los pela dança e música para compartilhar o sofrimento de todas as vítimas desse tragédia.

aleppo

Com a coreografia de Jason Mabana, foi criado um momento marcante do espetáculo que é sempre ter alguém fingindo correr sem sair do lugar. Segundo Cazalet, a corrida é uma imagem poderosa, que mostra a necessidade que eles tinham de correr o mais longe possível dali. Todo o espetáculo pode ser subentendido e ter várias interpretações, mas esse em particular, as pessoas compreendem o sentimento de querer fugir desse caos, querer estar o mais longe possível de toda essa catástrofe que está ocorrendo na Síria, aquele desejo de apenas continuar indo em busca de um lugar seguro, em busca de proteção.

aleppo 2

Cazalet afirma que ficou muito preocupado em não conseguir demonstrar realmente o que os refugiados estavam sentindo, logo que, ele nunca foi até Aleppo e não vivenciou o caos. Porém, ele diz ter recebido comentários positivos das pessoas da Síria com quem ele conversou e apresentou sua ideia. Recebeu o consentimento deles de dar visibilidade para essa história que precisa ser absolvida pelo resto do mundo de uma forma comovente e única.

O espetáculo estreou em Abril no Sadler’s Wells Theatre em Londres. Cazalet pretende levar esse espetáculo para outros lugares do mundo como Estados Unidos, Canadá e Oriente Médio. Além disso, todo o dinheiro arrecadado será entregue para as pessoas da Síria e ser a voz contra a maior crise humanitária do nosso tempo.

Dark Amanda: a melhor pessoa que você vai conhecer.