A animação original da Netflix não é estranha a temas filosóficos ou profundos, inclusive várias teorias dos existencialistas são parte do aspecto principal da série. Bojack é um cavalo frustrado, por ter feito sua fortuna e fama atuando em uma sitcom nos anos 90 e depois desaparecido por anos. A série acompanha o desenvolvimento do personagem, esquecido e sem nada para fazer, enquanto ele tenta achar algum propósito.

QUECOVERA série evidencia seu caráter mais profundo ao se comparar com dramas da “era dourada” da televisão.

Atualmente, o seriado é uma das animações mais aclamadas pela crítica, além de uma das séries mais assistidas no Netflix. O elenco inclui Will Arnet de Arrested Development como o protagonista, Aaron Paul de Breaking Bad e Alison Brie de Community.

Partindo para a sua quarta temporada, a série ilustra vários aspectos filosóficos como: a distração de Pascal, a liberdade radical de Sartre ou o absurdo de Camus. Todos como base fundamental para o enredo da série, o canal do Youtube “Wisecrack” explica como isso ocorre (atenção para Spoilers) em mais um de seus episódios de “A Filosofia de”.

 

 

Viciado em Games, viciado em futebol, viciado em cinema, viciado em séries e viciado em drogas pesadas: leite, glúten e anime.