Todos os dias, ocorre reclamações partindo das mulheres sobre a dificuldade que têm em viver nesse mundo machista. Algumas violências como assédio ou abuso sexual, faz com que elas tenham decisões e pensamentos diários diferentes dos homens. Seja para escolher uma roupa antes de sair na rua ou por ter que escolher qual metrô pegar sem que alguém “passe a mão”.

O assédio, tanto moral quanto sexual, também é considerado violência segundo a lei. E, é esse tipo de violência que está ocorrendo em agências publicitárias no Nordeste. Foi por isso que as mulheres da agência TagZag de João Pessoa decidiram criar o projeto “Esse Case é Foda“.

Screen Shot 2017-09-04 at 3.00.51 PM

A ideia desse projeto é dar voz as mulheres que sofrem assédio de chefes e colegas de trabalho, que por medo de serem demitidas e a denúncia não levar a nada, decidem ficar quietas. Porém, por conta da falta de enfrentamento, outras começaram a sofrer do mesmo problema e isso foi se transformando em uma “bola de neve”.

O projeto criou um site e um vídeo com depoimentos anônimos das mulheres nordestinas que estão nesse ramo e fez uma pesquisa quantitativa para mostrar alguns dados preocupantes sobre esse assunto.

O principal objetivo é fazer as pessoas não apenas falarem sobre o assunto, mas também começarem a agir contra essa violência. Mostrar para as mulheres que elas não estão sozinhas e que quem colabora com esse abuso merece ser punido.

Dark Amanda: a melhor pessoa que você vai conhecer.