A Telltale Games é uma das desenvolvedoras que mais cresce nos últimos anos, desde The Walking Dead, seus jogos revolucionaram a indústria – focando puramente em história e decisões, ao invés de gameplay. Além disso, foram os primeiros a lançar seus jogos em formatos episódicos e por temporada, algo que se tornou popular em diversas franquias.

Depois de adaptar as HQs de Fables e The Walking Dead, o estúdio partiu para propriedades maiores: Batman, Game of Thrones, Borderlands, Jurassic Park, Minecraft e De Volta para o Futuro. Agora, foi a Marvel quem se interessou na franquia, com o jogo de Guardiões da Galáxia estreando mês que vem. Apesar de não estar em uma de suas melhores formas, essa adaptação da Telltale tem tudo para dar certo.

guradioes

Alguns do motivos por trás desse potencial está na série original, por exemplo, a comédia irreverente de Guardiões da Galáxia é perfeita para os escritores da Telltale – que já fazem isso desde Sam & Max ou Strong Bad (quando seus jogos eram mais focados em puzzles). Além disso, Tales From The Borderlands já provou a capacidade com que eles possuem para trabalhar com histórias de ficção científica, além de também se tratar de outra franquia grande na qual criaram uma história completamente nova sem perder o charme da trilogia original.

A equipe de Guardiões pode contribuir com um dos aspectos mais fortes da Telltale: diálogo e relacionamento entre os personagens. Em The Walking Dead as dinâmicas em grupo eram excelentes, mesmo que sendo trabalhada de forma mais dramática, ao contrário do que deve ocorrer na série da Marvel.

Uma das características mais famosas de Guardiões da Galáxia é sua trilha sonora, e isso com certeza também é um dos fortes dos developers, a trilha de Tales From The Borderlands é executada com maestria em cada episódio e também segue um estilo parecido ao de Guardiões. O vídeo abaixo explica melhor o quanto combinação dá certo.

No fim das contas, a Telltale tem tudo para adaptar mais outra excelente franquia, nesse caso principalmente devido ao sucesso que foi Tales From The Borderlands – que já possui várias semelhanças com a série da Marvel.

Viciado em Games, viciado em futebol, viciado em cinema, viciado em séries e viciado em drogas pesadas: leite, glúten e anime.