Como muitos já devem ter percebido, as antigas estrelas de avaliação do Netflix sumiram e foram substituídos por like e dislike. Pegando muitas pessoas de surpresa, a empresa fez um vídeo para explicar a decisão, focando em sua simplicidade.

Um dos principais motivos para a mudança parece beneficiar mais a Netflix do que seus usuários, tornando o algoritmo binário, facilitando nas recomendações. No entanto a mudança reduz a personalidade do usuário, que pode gostar de certos conteúdos de forma diferente. Existia também uma certa confusão que as estrelas criavam, muitos acreditavam que elas simbolizavam a avaliação média da comunidade inteira, quando na verdade se tratava de uma nota feita para o próprio espectador. Dessa forma, muitos ignoravam filmes com pouca estrelas, quando na verdade era tudo uma questão de compatibilidade.

Em um teste feito antes do lançamento dos “thumbs” o sistema de rating foi utilizado 200% a mais do que as estrelas, já que os usuários conseguiam distinguir facilmente que aquilo servia para futuras recomendações. No entanto as opiniões ainda estão divididas entre os fãs, semelhante ao que ocorreu com o Youtube quando foi feita a mesma mudança.

Viciado em Games, viciado em futebol, viciado em cinema, viciado em séries e viciado em drogas pesadas: leite, glúten e anime.