Será que alguém no mundo já se perguntou como seria um filme que mostra o emocionante processo de divórcio entre a Viúva Negra e o Kylo Ren? Ainda bem que Noah Baumbach sim.

Piadas à parte, o longa “Marriage Story” estreará na Netflix e em alguns cinemas selecionados até o final de 2019, ainda sem data definida, mas já é possível ver dois trailers que mostram ambos os pontos de vista do casal Nicole (Scarlett Johansson) e Charlie (Adam Driver) sobre o filho e o relacionamento, ou o fim deste.

A abordagem prometida parece ser bem interessante e, seguindo o modelo de filmes como Lalaland e 500 Dias Com Ela, deve mostrar uma faceta pouco representada mas muito presente dos relacionamentos amorosos: O declínio e término. Porém, não é só porque o filme abordará essa etapa mais conflituosa que ele será como um todo trágico: Pelo que é possível ver nos trailers, os dois lidam com a situação de uma maneira madura e respeitosa. Ou seja, reforçando a ideia de que casais naturalmente têm um fim e está tudo bem com isso.

Ao longo de toda a sua história, o cinema e a televisão ilustraram histórias de romance nas quais um casal está perdidamente apaixonado e carrega um romance perfeitamente idealizado segundo convenções sociais. Não que isso seja necessariamente ruim, afinal, quem não gosta de ver uma boa comédia romântica melosa? Mas também não deixa de ser um fato que, de um jeito ou de outro, todos os casais terminam. Assim como um filme.

Outro fator animador do longa-metragem é o elenco fortíssimo, que além do casal de vedetes, conta com Laura Dern, Alan Alda e Ray Liotta – todos, assim como o diretor, já indicados ao Oscar e Globo de Ouro. Vale lembrar que Roma foi a última grande aposta cinematográfica da Netflix também lançada nessa época do ano e conquistou 3 oscars.

Baiano, amigão da vizinhança, ecochato, escritor amador e mestre pokémon nas horas vagas.