Todos sabem que as pessoas tem gostos diferentes e muitas vezes há uma divergência de opiniões sobre as preferências, o que já é comum acontecer entre as marcas: Mc Donalds ou Burguer King e Pepsi ou Coca-Cola.

Mas uma coisa que a marca Marmite descobriu após algumas pesquisas foi que as pessoas nascem geneticamente mais propensas a gostar ou não do produto. E então teve a brilhante ideia de criar essa discussão sobre o seu produto, que é uma pasta de extrato de levedura vendida principalmente no Reino Unido, criando a campanha Marmite Gene Project com a ideia de sustentar o slogan da marca “Love it or Hate it”. A ideia vem de mostrar quem são os “lovers” e “haters” da marca e como pode ocorrer uma divergência de gostos em uma família.

A reação das pessoas quando descobrem se odeiam ou amam o produto é a graça do comercial. Alguns momentos do vídeo são comparados com ocasiões reais em que alguma pessoa conta um segredo temendo ver a reação da outra.

No site, próprio para essa campanha, é oferecido aos consumidores um kit de testes genéticos para as pessoas descobriram se gostam ou não do produto. Além de um aplicativo que define pelas feições das pessoas qual é a sua preferência assim que provam o produto.

A campanha divulga o produto sem ao menos enaltecê-lo, de uma forma inusitada e divertida. A brincadeira de “ame ou odeie” faz com que as pessoas tenham uma afeição pela marca, mesmo talvez não curtindo o sabor da mesma.

Dark Amanda: a melhor pessoa que você vai conhecer.