Atualmente, a internet acabou se tornando um meio muito importante para o dia-a-dia das pessoas. Porém, toda essa tecnologia facilita a vida das pessoas, mas trouxe um grande problema para sociedade: o cyberbullying.

Antes, era (infelizmente) comum existir o bullying, um termo usado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos causando dor e angústia. Porém, com debates e conscientização, esse problema foi reduzido.

O que agora está acontecendo é o cyberbullying que se trata desses mesmos atos, mas através da internet. Mesmo que, signifiquem quase as mesmas coisas, as pessoas quando atuam por trás de uma tela de computador se sentem mais fortes para insultar e atacar outra pessoa.

E, então, a ativista social Monica Lewinsky, decidiu criar um vídeo, com ajuda da agência BBDO, com uma questão muito importante sobre tudo o que está acontecendo de ruim na internet: Se esse comportamento é inaceitável na vida real, porque é tão normal na internet?

A ideia é mostrar que apesar de insultos online parecerem mais leves, o impacto psicológico de quem recebe é o mesmo de receber uma ofensa pessoalmente. Ainda mais, que o anonimato na internet incentiva esse tipo de comportamento, por acreditarem que não há riscos. E, embora a internet esteja ai para te dar mais liberdade em opinar, os limites e o bom senso ainda devem ser usados.

Dark Amanda: a melhor pessoa que você vai conhecer.