O mundo transborda informação.

Manter-se constantemente atualizado é um desafio diário. A rapidez da comunicação permite que um assunto de dias atrás, se torne velho. É tanta informação que nosso cérebro já seleciona automaticamente o que ignorar ou não.

O jornal britânico The Observer em conjunto com o The Guardian, decidiu acompanhar esse ritmo acelerado. Criada pela BBH, a campanha demonstra o lado bom e o lado ruim desse excesso de informações. O lado positivo,  seria que a partir de agora as notícias da semana estariam mais completas. O lado negativo, o Ian explica:

The Guardian tem como característica em suas campanhas retratar os diferentes pontos de vista sobre a informação. Em 1986, o jornal já fazia referência na auto explicativa “points of view”

Outro exemplo é a campanha ganhadora de Cannes “Three Little Pigs advert”. O case conta a história dos três porquinhos que foram acusados de matar o lobo mau. Em defesa, os porquinhos dizem que se sentiram ameaçados e que o lobo chegou inclusive a atacar suas casas. Mas diversas evidências confrontam a versão. Dessa vez, o The Guardian  demonstra sua incessante investigação pela verdade, que revela o verdadeiro final da história.

vindo de outros tempos mas sempre no horário.