Todos os anos milhares de pessoas desaparecem no mundo todo, muitas vezes nunca mais sendo encontradas. No dia 26 de setembro de 2014, 5 ônibus com 43 estudantes sumiram em Iguala, México.

De acordo com os registros oficiais, os alunos estavam rumo à Cidade do México para comemorar o aniversário do Massacre de Tatlelolco. Porém, no caminho eles foram parados por policiais e ocorreu o conflito. Depois disso ninguém sabe o que realmente aconteceu, mas existem suposições de que os sequestrados foram entregues aos Guerreiros Unidos e então assassinados. Existem teorias envolvendo o prefeito da cidade e sua mulher, além do força armada mexicana.

Missing-students-Ayotzinapa

O artista Spazuk cria obras de arte a partir do fogo, usando uma vela como pincel. Ele considera seu trabalho espontâneo e geralmente cria obras sobre a natureza, a fragilidade da vida e corpos em contínua metamorfose. Mas agora, ele quer trazer luz para essas pessoas desaparecidas e vem criando retratos delas, em respeito à suas famílias. As vítimas merecem justiça, a verdade e reparação, de acordo com ele.

A campanha “Sua luz mantém os desaparecidos vivos” é da Amnesty International, você pode colaborar com eles aqui.

Spazuk foi quem transmitiu a mensagem por meio de sua arte, você pode conferir algumas de suas no seu site.

 

Viciado em Games, viciado em futebol, viciado em cinema, viciado em séries e viciado em drogas pesadas: leite, glúten e anime.