#éoquetemprahj por Marco Franzolim

(Esse post é de Marco Franzolim, o mais novo colaborador do Newronio, que vai acrescentar ao nosso blog mais informações sobre o mercado das agências de apresentação, como já citamos anteriormente. Bem-vindo, Marco!)

Esse é o meu primeiro texto como colunista do Newrônio ESPM. E como manda a boa educação, vou me apresentar.

Na verdade, esse post será mais ou menos como o primeiro dia de aula na escola, onde os professores se apresentam com os famigerados textos “sou um cara bem legal, só não gosto que falem na minha aula”, etc.

Meu nome é Marco Franzolim, sou sócio-diretor da MonkeyBusiness, uma agência paulista de agência de criação, design e planejamento de apresentações. Me formei na ESPM em 2005, cursei Publicidade, Propaganda e Marketing e fui trabalhar como diretor de arte. Atuei na criação de nove agências até montar a Monkey.

E a Monkey foi criada no começo de 2009, para atuar num mercado que na época ainda era um embrião (hoje ele está um pouco maior) mas que oferecia muito potencial criativo: o mercado de apresentações profissionais.

Nós chamamos de mercado de apresentações profissionais por falta de um nome melhor. Mas é basicamente trazer a inteligência criativa de profissionais de publicidade, propaganda e design para fazer apresentações. E dentro desse processo, poder oferecer todas as soluções de uma ótima apresentação para o cliente. Desde as reuniões de briefing com atendimento, passando por uma consultoria e planejamento, roteiro das informações, redação, até a direção de arte e design das telas.

É uma agência que conta com uma estrutura muito parecida com a de uma agência de publicidade como conhecemos, mas que o foco é criar apresentações. Valorizar informações, idéias, e principalmente o tempo que aquele apresentador terá para contar a sua história. Abaixo temos uma apresentação da MonkeyBusiness que fala um pouco desse processo interno de criação de apresentacões:

Release MonkeyBusiness

View more presentations from MonkeyBusiness.

Acredito que a idéia dos atuantes nesse mercado é mudar a visão que grande parte das pessoas tem de apresentações: hora de dormir um pouco. Nos propomos a fazer da apresentação um momento para se lembrar, com uma história a ser contada e telas muito bem produzidas. E consequentemente, aumentar as chances de sucesso dela.

Apresentações podem (e devem) ser um show. Recheado de informações, mas não por isso, desinteressantes.

Como profissional da área, preciso estar por dentro das novidades, cases e tendências – e pretendo compartilhar com vocês, leitores do Newrônio

É um prazer poder contribuir com o Newrônio, compartilhar experiências e voltar às raízes.

Para me xingar muito no twitter: @mkbusiness e @marcofranzolim

Para xingamentos pessoais: marco@monkeybusiness.com.br