Será que o público asiático se sentem representado em hollywood ?

O cinema está ganhando novas caras e buscando representar todos os públicos. Como resposta para as críticas que a indústria vinha recebendo, começaram a surgir protagonistas de etnias diferentes.

Mas é um fato, que a geração que já acompanha o cinema há algum tempo, não viu seus heróis favoritos sendo representados. Alguns exemplos mostram isso, como é o caso da adaptação de Dragon Ball para o cinema onde o personagem principal Goku foi interpretado por um norte-americano. Ou no caso de, Ghost In The Shell, que é uma adaptação cult japonesa, porém nos cinemas a escolha da protagonista ficou a cargo da atriz Scarlett Johansson. Tornando-se mais um exemplo de Whitewashing, que são personagens de outras origens que no cinema são vividos por um ser caucasiano.

O argumento que Hollywood utiliza para explicar tais fatos, é que os atores brancos dão mais visibilidade, o que acaba por fazer o filme arrecadar mais dinheiro. Argumento esse inválido, pois só o mercado chinês tem cerca de 1,3 bilhões de pessoas. Outro justificativa é a falta de familiaridade do público com os rostos asiáticos, mas a única maneira de mudar isso seria produzindo mais filmes com protagonistas orientais.

A verdade é que quando esse público é representado, geralmente é relacionado a filmes de lutas, como é o caso do Bruce Lee que através de seu estilo de combate e sua extrema velocidade acabou criando o gênero de filmes que se tornou a categoria mais representativa para os asiáticos em geral.

Mas isso vem mudando, pois o mercado Hollywoodiano acabou de ganhar filmes com protagonistas asiáticos. Como o novo filme da Netflix, Para Todos Os Garotos Que Já Amei, que está sendo um sucesso. Nós já falamos sobre eles no Videopost.

Outro filme que está batendo recordes de bilheteria no cinema norte-americano é Podres de Rico que pode representar para os asiáticos o que foi Pantera Negra para os negros.

Com um elenco totalmente asiático, o filme mostra pela primeira vez o cotidiano das famílias dessa etnia. E vem mudando não só Hollywood, mas o mundo. O filme é uma comédia romântica mostrando uma jovem americana, Rachel ( Constance Wu ), que viaja para Singapura para conhecer os parentes de seu namorado Nick (Henry Golding). Chegando lá, descobre que o rapaz vem de uma família muito rica e que os mesmo são contra o relacionamento dos dois. Gerando uma série de conflitos e situações que merecem ser vistas.

 

O filme ganhou tanta visibilidade que em um caso recente, dois meninos que após verem o longa, reclamou com a rede de Fast Foods MCDonald’s, por não se sentir representada pela empresa.

Por fim, esse ano o conceito de Hollywood está mudando e todas as etnias vêm se sentindo representadas, como é o caso de Pantera Negra e Podres De Ricos.